Veja as doenças associadas à obesidade

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a obesidade se caracteriza pelo acúmulo em excesso de gordura corporal no indivíduo. Estima-se que no Brasil haja 18 milhões de obesos. Somando o total de indivíduos acima do peso, o montante chega a 70 milhões.

Para o diagnóstico em adultos, o parâmetro utilizado mais comumente é o do índice de massa corporal (IMC). O IMC é calculado dividindo-se o peso do paciente pela sua altura elevada ao quadrado. É o padrão utilizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que identifica o peso normal quando o resultado do cálculo do IMC está entre 18,5 e 24,9. Para ser considerado obeso, o IMC deve estar acima de 30.

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças. Veja as principais delas:

Diabetes tipo 2:  no Brasil, a diabetes atinge ao menos 11 milhões de pessoa e o tipo 2 está associado à obesidade. Pessoas com excesso de peso têm risco de desenvolver diabetes três vezes superior ao de pessoas com peso normal. Além disso, o estresse, hábitos alimentares não saudáveis e vida sedentária são as principais causas da incidência da doença.

Problemas articulares: o excesso de peso causa uma sobrecarga na coluna. O corpo obeso sobrecarrega a coluna vertebral, podendo ocasionar hérnia de disco e desgasta articulações como é o caso do joelho. A redução de peso ajuda a aliviar essa sobrecarga.

Pressão alta (hipertensão arterial): a obesidade também está relacionada com a pressão alta. O sedentarismo e o consumo de alimentos prontos, ricos em sal, ajudam a aumentar os níveis de pressão arterial. A cirurgia bariátrica tem impacto na diminuição da circunferência abdominal, tendo positivo na pressão arterial, frequência cardíaca e nos índices de colesterol.

Outras doenças: a obesidade ainda está associada a diversos problemas de saúde como aumento do risco de sofrer embolia pulmonar, alterações sanguíneas, alguns tipos de câncer, dificuldades respiratórias e apneia do sono. Como não costuma ter uma alimentação saudável, o obeso pode ter deficiências de vitaminas e minerais.