O que é fibrose pulmonar

 

Essas cicatrizes fazem com que órgão se torne mais rígido, dificultando a respiração e tendo como principais sintomas a falta de ar e tosse seca, por exemplo.

Na maior parte dos casos, a fibrose pulmonar é idiopática, quando não se consegue identificar sua causa. No entanto, a condição é mais comum em adultos, idosos e fumantes ou ex-fumantes.

Entre os sintomas estão falta de ar, tosse seca, cansaço excessivo, dores musculares e nas articulações, dedos azuis ou roxos e perda de peso sem causa aparente.

A doença não tem cura uma vez que os danos sofridos pelo pulmão não são possíveis de ser reparados.

Porém, com o tratamento é possível fazer o controle da fibrose pulmonar – feito com medicamentos prescritos pelo pneumologista e fisioterapia.

O médico também pode recomendar o uso de oxigênio em casa para aumentar a sua concentração no sangue, ajudando a melhorar a respiração.

Diagnóstico precoce aumenta chances

A fibrose pulmonar atinge apenas 1% da população, mas quanto antes se identifica a doença maiores as chances de eficiência do tratamento no controle da doença.

De acordo com especialistas a doença pode levar à morte em menos de três anos, quando não diagnosticada e tratada precocemente.

Outra característica da fibrose está em relação a idade. Por surgir, principalmente em pessoas com mais de 50 anos, ela é facilmente confundida com sinais do envelhecimento, por isso, a necessidade de prestar atenção nos sintomas e procurar o pneumologista a qualquer sinal de fibrose ou qualquer outro problema pulmonar.