O que é osteoporose

 

Nesta fase da vida, a fragilidade dos ossos é causada pela ausência do hormônio feminino, o estrogênio, que os tornam porosos como uma esponja. A doença preocupa, sobretudo em países em desenvolvimento, nos quais a população vem aumentando a expectativa de vida, pois a osteoporose é a maior causa de fraturas e quedas em idosos.

Se não for prevenida precocemente, ou se não for tratada, a perda de massa óssea vai aumentando progressivamente, de forma assintomática, sem manifestações, até a ocorrência de alguma fratura. Vale dizer que o que caracteriza as chamadas fraturas osteoporóticas é sua ocorrência com traumatismo mínimo, que não provocaria a fratura de um osso saudável.

Entre os fatores de risco da osteoporose, estão: pele branca; histórico familiar de osteoporose; vida sedentária; baixa ingestão de Cálcio e /ou vitamina D; tabagismo ou consumo excessivo de bebida; medicamentos, como anticonvulsivantes, hormônio tireoideano, glocorticoides e heparina; além de doenças de base, como artrite reumatoide, diabetes, leucemia e linfoma.

Os locais mais afetados pela doença são a coluna, o pulso e o colo do fêmur, sendo este último o mais perigoso, pela difícil recuperação.

O tratamento para osteoporose é voltado para o fortalecimento dos ossos. O especialista poderá indicar o uso de medicamentos, mas a prática regular de exercícios físicos e o aumento do consumo de alimentos ricos em cálcio e vitamina D também são as principais recomendações a serem seguidas.